quarta-feira, 2 de julho de 2008

Quase Amor

''Simpatia é quase amor''

E nos dias de hoje, é mesmo. Bem vindo, caro confessor, ao tempo dos relacionamentos instantaneos e descartáveis. Principalmente, descartáveis.
Não, não vou criticar a juventude, a sociedade e muito menos dar lições de moral.
Sou jovem e faço parte da sociedade. Ou não?
Tudo ficou mais rápido e fácil. É fato! Esse blog não me deixa mentir.
Não se tem mais tempo pra nada. Eu não tenho tempo pra nada!...e tenho certeza que você não tem também!
Não se conhece mais ninguém. Não se tem mais tempo de conhecer.
Duas semanas de namoro e logo se ouve um apaixonado e ardente Eu Te Amo. Duas semanas depois, romance acabado.
Alguns dias de amizade, e logo se vê um depoimento no orkut, com cores chamativas e um enorme EU TE ADORO, MIGUXO!...Dias depois, vira-se só mais um amigo no orkut.
É triste mas é real.
Não quero transformar a sociedade com esse simples post (mesmo que quisesse...).
Só quero te pedir, meu confessor, conheça, verdadeiramente, aqueles que você REALMENTE gosta.

Luana H.

p.s.: O que me levou a falar sobre isso hoje? Bom, escutei Lenine hoje a tarde toda, e uma frase na música Lá e Cá me chamou a atenção. Só...


ou não!

14 comentários:

netoira disse...

perfeito....atualidade em sabias palavras...de quem sabe oq escreve!
vc escreve mto bem!
abç
neto

Robs disse...

Adorei o post. Infelizmente é isso mesmo o que tem acontecido. Chega até ser assustador.
Bjoksss=8

Anônimo disse...

caraca fiquei de cara com seu post, belo texto meus parabéns guria

Lua. disse...

a platônicidade de meus amores, e forma que lhes vivo, é a fonte mais bonita para a poesia e fonte mais farta para a dor. afinal de contas, paixão, do altim, sofrimento...
valeu pela visita!
bjs!

Maria Lúcia (Marry) disse...

Eu também, sempre penso que não vou ter alguém para viver um "ardente" amor como os de filme. Mas isso acredito ser porque costumamos idealizar as coisas, os sentimentos. Ai quando eles não acontecem como idealizados, nos sentimos como se eles não existissem. Muito bom o texto, te coloquei nos meus links. Beijos!

Brisaa disse...

Adorei o post!muito legal!!

www.ideias-loucas.blogspot.com

Passa la acabei d postar ;)

=*

Míryan Paranhos disse...

Adorei o post, Brigadão por ter comentado no meu blog (y).
Nossa sempre penso que nunca vou encontrar um amor 'perfeito', aquele que eu sonho sempre. Acho que perco tanto tempo pensando em como deve ser, que acabo não aproveitando os momentos que tenho com os 'não perfeitos'
Lindo mesmo

:*

biik disse...

eeeh realmente ! as pessoas hje em dia nao sao tao intensas !
e confesso qe acho qe tbem sou assim ! :/
mas como vce escreveu esse post, nao foi só vce qe tem achado isso ultimamente ... acho qe estamos começando a tomar conciencia !
qer dizer, pelo menos eu tbem acho isso ! :/

desculpa pelo tempo qe nao passo aqi... ando meio ocupada :/
http://bejomeliga.blogspot.com

THOMAS MARINHO disse...

Obrigado pelo que disse sobre o meu blog; é reciproco! Seu texto é muito bom e pertinente. Sempre me deparo no mesmo questionamento. Também tenho a impressão de ser a pessoa mais intensa que conheço. De fato, é muito difícil encontrarmos alguém em sintonia conoso. Masss...temos que continuar tentando...

Abç
Thomas

disse...

Adorei seu blog, amei o post...
Brigada pela dica =)

Lua. disse...

vaaleu por me lincar!
likei tu tb agora :D
vaaaaleu!
bjs

Storyofprincess disse...

Oii
tudo certo?
Ficou legal seu post, mas sim, todo mundo é amado um dia!
belo texto! :D
bjs

Lana disse...

eu amei o texto (:
e bem eu sinto tudo, estou falando de sentimentos e com bastante intensidade e é assim que eu gosto *:

Júlio disse...

Luana,

Tudo bem??
Me senti muito alinhado ao seu texto...penso que realmente os tempos atuais nos reservam esses tipos de relacionamentos, que sinceramente, me decepcionam...!

Mas o que faremos senão acreditar nas pessoas, afinal vivemos de esperanças...! hehe

Beijos.

Julio
parlatoriodojulio.blogspot.com