quinta-feira, 16 de outubro de 2008

(NÃO) Sou todo mundo.

“A mais tola das virtudes é a idade. Que significa ter quinze, dezessete, dezoito ou vinte anos? Há pulhas, há imbecis, há santos, há gênios de todas as idades”
Nélson Rodrigues

E o que significa ser homem ou mulher? Significa não prestar porque é homem e ser santa porque é mulher? Ambos os sexos carregam em si defeitos e qualidades!
Acredito SIM que existem homens que prestem. Assim como tenho a plena consciência de que eles têm defeitos...
Sou mulher e sei que carrego um dom que me santifica: o dom de conceber uma vida...Mas sei também que carrego em mim todos os defeitos do mundo.
E uma mulher tem que ser como? Tem que dizer que homem não presta, seguir aquelas revistas absurdas de moda ou ter um filho e colocá-lo numa creche mesmo tendo tempo para ele? Tem que não se envolver com aquilo que ela realmente acredita para cuidar só da família?
E um homem? Tem que pagar de machão, ser nojento, trair e não demonstrar emoções e sentimentos?
Pode até parecer que esse post tem um tom ''feminista'', mas não é a minha intenção. Quero apenas propor uma reflexão sobre a generalização.
Todos os homens não prestam? Todas as mulhes são ou serão traídas? Todas as juras de amor são falsas? Tudo isso é uma mentira?
Cuidado ao justificar o teu erro com a frase :''Ah, mas é o que todo mundo faz...''.
Mas o problema é que eu não sou todo mundo...


Luana H.

10 comentários:

bruno bortoleto disse...

"Todos os homens não prestam? Todas as mulhes são ou serão traídas? Todas as juras de amor são falsas? Tudo isso é uma mentira?"
quero saber tambem ¬¬
alguns posts antigos do meu blog (sao os que eu mais gosto) costumavam levar uma certa ideia do tipo 'sou o ultimo romantico' ... mas espera ai ? eu sou homem, CERTO, entao como assim romantico ? sou homem... tenho que trair, ser mal educado, fazer pouco caso, maltratar, fazer chorar quem eu amo ? ora, entao nao me encaixo... mas SIM sou homem, de que tipo ? é, temos que rever os conceitos...

amei sua ideia de propor uma reflexao... estou pensando nisso...

ps. desculpe a viagem aqui no comentario... mas gostei muito.. bom, se for falar do que gosto quando voce escreve... seu talento me encanta *-*

beijos.

Dama de Cinzas disse...

Com certeza existem as exceções!! Viva!!! Afinal o estereótipo é muito entediante mesmo!

Beijocas

ºDreº disse...

Gostei da última frase...
Gostei do texto.Beijão

Robs disse...

Texto polemico, mas mto bem escrito!

Acredito sim que existem muitas excessões por ai...

Toda mulher um dia ja falou que homem nenhum presta, acredito que a generalização das coisas tem tomado conta das pessoas.

Precisamos repensar sobre muitas coisas que achamos que é certo.

Bjos!

Camila :) disse...

boaaa reflexãoo,e homens sao tbm sensiveis, mas naum demonstram auhuhauh neh?

bejoo

Tiago disse...

Nós somos únicos e devemos ser tratados desta forma.

E a gente omeça pensar depois de uma reflexão omo esta..
Pra onde estamos indo
E quem nós somos..

Saudade Querida!
Bjo

Míryan Paranhos disse...

Não é porque somos mulheres que devemos ser frágeis e puras. E não é porque os homens são homens que devem ser safados e sem coração. Falou e disse.

Texto foda, foda.
*;

Lua. disse...

sim, sim, voltando com mais tempo agora...
realmente o conceitos estão ultrapassados e desfiéis com a realidade de uma população a procura de suas verdadeiras identidades e diferenças que acabam por nos fazer únicos. Então, pra que generalizar se podemos ver com clareza que não existe todo mundo, que as opiniões diferem, e que o amor existe de maneiras diferentes?
valeu pela visita :DDD
bjinhos.

Luana disse...

A gente ouve tanto esse tipo de coisa, mas e daí? No final das contas ninguém presta mesmo. (Y)
Afinal, o importante não é prestar. É ter motivos pra ter sorriso no rosto.

Adoro teu blog.

Lucas Araújo disse...

Gostei do texto, do blog, de tudo! Muito legal!
beijos